Um dos principais cientistas do Brasil diz que nosso País é capaz de fazer bomba atômica em quatro meses! Clique e dê sua opinião...

DA REDAÇÃO | O ex-presidente da Eletronuclear, almirante Othon Luiz Pinheiro da Silva, é considerado um dos maiores cientistas do Brasil. Em entrevista publicada hoje (7) na Folha de S.Paulo ele afirma que nosso País é capaz de construir uma bomba atômica em quatro meses, e que a mesma seria similar às bombas que destruíram Hiroshima e Nagasaki. O cientista Othon, contudo, é contra a construção de tal artefato pois, segundo alega, isto desbalancearia a América Latina. (Dê sua opinião na enquete ao final da matéria).

Trechos:

Folha: Há setores que acreditam que o Brasil deveria desenvolver a bomba atômica. O país fez bem em abrir mão dela?

Almirante Othon: Eu acho que fez. O artefato nuclear é arma de destruição de massa e inibidora de concentração de força. Mas, no nosso caso, se tivéssemos a bomba, desbalancearíamos a América Latina, suscitando apreensões.

E a última coisa que a gente precisa na América Latina é de um embate.

Folha: O país, no entanto, não abriu mão da tecnologia. Se necessário, em quanto tempo faríamos uma bomba?

Almirante Othon: Em uns quatro meses. Com a tecnologia de enriquecimento que nós usamos, podemos fazer a bomba com o plutônio, como a de Nagasaki, ou com o urânio, que foi a de Hiroshima. Temos os dois porque quem tem urânio enriquecido pode ter o plutônio também.

Dê sua opinião na enquete abaixo!